Maio Bordô

Gepants: conheça a alternativa que pode revolucionar o Tratamento das Enxaquecas

Você já se perguntou se há uma luz no fim do túnel para as suas enxaquecas? Hoje, vamos explorar os “gepants”, uma classe de medicamentos que está redefinindo o tratamento da enxaqueca e acendendo uma nova esperança para muitos.

Os Gepants são antagonistas do receptor CGRP (Péptido Relacionado ao Gene da Calcitonina), representando um avanço significativo na abordagem terapêutica dessa condição debilitante. Diferentemente dos triptanos e outros tratamentos mais antigos, essas novas pequenas moléculas oferecem uma opção tanto para o tratamento agudo quanto para a prevenção da enxaqueca, com ou sem aura, em adultos.

Ao bloquear a ação do CGRP, os Gepants ajudam a reduzir a inflamação e a transmissão de sinais de dor associados à enxaqueca. Isso se traduz em menos episódios de dor e uma qualidade de vida melhorada. Embora os triptanos sejam eficazes no tratamento agudo da enxaqueca, os Gepants apresentam uma tolerabilidade superior, sendo uma alternativa segura para aqueles que não respondem bem a outras terapias ou que têm contraindicações ao uso de triptanos, como doenças cardiovasculares.

A jornada dos Gepants começou no ano 2000, com a primeira geração de medicamentos como o Telcagepant e o Olcegepant. Apesar de promissores, esses primeiros medicamentos apresentavam problemas de segurança, como hepatotoxicidade (lesão no fígado). Mas a inovação não parou por aí.

Em 2019, testemunhamos o surgimento da segunda geração de Gepants, notavelmente mais eficazes e versáteis. Ubrelvy (Ubrogepant) é usado para tratar crises agudas; Nurtec ODT (Rimegepant) serve tanto para crises quanto para prevenção; Qulipta (Atogepant) é focado na prevenção da enxaqueca; e Zavegepant, disponível como spray nasal, oferece uma alternativa prática e rápida para crises. Dentre eles, Atogepant se destaca por apresentar os melhores dados de eficácia, incluindo na prevenção da enxaqueca crônica.

Infelizmente, os Gepants ainda não estão disponíveis no Brasil, mas a esperança é que, com o tempo, essas opções de tratamento revolucionárias se tornem acessíveis a mais pacientes.

O caminho para o alívio da enxaqueca está se tornando mais claro e promissor com os Gepants.

A sua história com a enxaqueca pode ser diferente a partir de agora. Você já experimentou alguma abordagem terapêutica que mudou sua vida? Compartilhe sua experiência conosco. Neste Maio Bordô, vamos nos inspirar mutuamente em nossa jornada para uma vida mais saudável e livre de dor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *